28 de julho de 2017 · Notícias

Café com estratégia


Aconteceu na segunda semana de maio, no Centro de Gestão da Tecnologia da Informação (Prodap), a 3ª edição do Café com o Presidente, com representantes do Ministério Público Estadual (MPE), Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap) e Tribunal de Contas do Estado (TCE), que foram recepcionados pelo diretor-presidente do Prodap, Lutiano Silva. Durante o café, os convidados discutiram possíveis parceiras e cooperações técnicas com o Prodap que viabilizarão no andamento de projetos e soluções de problemas enfrentados pelos órgãos públicos. Tais iniciativas refletirão na economia do Estado.

No primeiro momento o presidente do Prodap fez uma apresentação das principais ações da atual gestão, mostrando as conquistas do órgão nos últimos 2 anos, plano estratégico para os anos de 2017 e 2018 e uma breve visão de planejamento para os próximos 15 anos da Política de Tecnologia do Governo do Amapá. Foram discutidas possibilidades de colaboração entre os órgãos, por meio de acordos de cooperação técnica, sendo pautados encaminhamentos, criação de comissões técnicas para elaborar um plano de trabalho e de execução de projetos, com a participação de todos os órgãos.

Para Lutiano, há um avanço na política de tecnologia do Estado, não apenas pelas atividades do Poder Executivo, mas do Estado como um todo. “A visão é desenhar projetos onde todos os órgãos dos poderes participem de alguma forma beneficiando a sua atividade do seu órgão, e claro, quem ganha é o cidadão, podendo acompanhar uma política pública mais eficiente, porque, com informação, é possível executar um planejamento e processo de gestão de maneira mais eficiente ainda mais com todos os órgãos e poderes envolvidos” explicou Silva.

Segundo o diretor do Departamento de Tecnologia da Informação do Ministério Público do Amapá, Rodinei Silva, esses momentos são importantes para discutir ações incomuns e parcerias que ajudarão os órgãos a alavancar projetos fadados ao próximo orçamento. “Essa iniciativa do Prodap, de reunir os órgãos para discutir a tecnologia do Estado e trocar experiência, é bastante positiva”, reconheceu.

Para o diretor de Tecnologia da Informação do Tjap, Marco Antônio Craveiro, o encontro entre os representantes de TI possibilita a integração entre órgãos públicos e, também, a discussão de possíveis parcerias e acordos de cooperação técnica que viabilizem e atendam todos os órgãos de forma comum. “A partir do momento que começamos a discutir problemas, necessidades e demandas, conseguimos encontrar soluções de forma conjunta”, afirma Craveiro.

O encontro é mais uma das iniciativas da gestão do Prodap, inspirada na política do governo que se baseia na participação e discussão com todos os atores envolvidos nas atividades do Estado do Amapá.