+55 (61) 3554-5109      abep@abep-tic.org.br
21/11/2019 - 11:38h 81

Serviços e documentos digitais facilitam vida dos cidadãos e reduzem gastos governamentais 

Grupo de Transformação Digital para os Governos Estaduais estabelece metas de implementação nas unidades federativas
Serviços e documentos digitais facilitam vida dos cidadãos e reduzem gastos governamentais 

Carteiras de Identidade, de Trabalho ou de Habilitação ou até mesmo a carteira de vacinação ou um documento do carro já podem estar dentro do celular. Apesar dessa facilidade para o cidadão, muitos brasileiros ainda desconhecem essas alternativas ou os estados ainda não estão preparados. Para que o uso destes serviços e documentos virtuais se torne uma realidade, o Grupo de Transformação Digital dos Estados e do Distrito Federal (GTD.gov) estabeleceu metas para que as unidades federativas se preparem e incentivem o uso desses documentos. 

De acordo com Rodrigo Diniz Lara, da Secretaria de Planejamento de Minas Gerais, apenas o uso da Carteira de Trabalho e Previdência Social virtual poderia gerar uma economia de R$ 4 bilhões mensais aos cofres estaduais. “Precisamos promover ações que disseminem essas facilidades. Documentos digitais reduzem gastos públicos”, ressaltou.

A meta é que a emissão desse documento impresso seja reduzida nos próximos anos, assim como a do CRLV digital. O GTD pretende que até o final do próximo ano os estados não imprimam mais os documentos de licenciamentos de veículos.

Além da popularização dos serviços nacionais, o GTD apresentou resultados voltados a transformação de serviços digitais. Foram desenvolvidos métodos para apoiar a transformação digital de serviços estaduais e para o cálculo da economia fiscal com a Transformação Digital. Para viabilizar os serviços digitais, o grupo apresentou o modelo de arquitetura genérica para as plataformas estaduais de serviços.

“Através das plataformas digitais de serviços, os cidadãos terão ambientes integrados e simplificados para relacionamento com o Estado e para acesso a serviços públicos. A arquitetura genérica desenvolvida pelo GTD aponta os caminhos para a construção destas plataformas nós Estados”, pontuou Romero Guimarães, da Agência de Tecnologia da Informação do Estado de Pernambuco.

As propostas foram apresentadas durante reunião do GTD.gov, que ocorre até sexta-feira (22), no Instituto Serzedello Corrêa, em Brasília.  “A Transformação Digital é uma importante ferramenta para melhorar o atendimento à população.  Essa é uma grande semente que estamos plantando para um país melhor no futuro", afirmou o presidente da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação (ABEP-TIC), Lutiano Silva.

Criado em maio de 2019 pela ABEP-TIC e pelo Conselho Nacional de Secretários de Estado de Administração CONSAD), o GTD une representantes dos governos estaduais e distrital, do terceiro setor e de organismos internacionais com o intuito de acelerar e facilitar o desenvolvimento da Transformação Digital nos estados e no Distrito Federal por meio da troca de experiências e implementação de inovação em serviços prestados à população, por exemplo.

O GTD também procura identificar e viabilizar meios de financiamento para a implementação digital nos estados e promover uma participação mais efetiva dos governos estaduais na Rede.gov.br, que é um ambiente de colaboração, intercâmbio, engajamento, articulação e cocriação de propostas inovadoras relacionadas a temática de transformação digital no setor público, capitaneado pelo governo federal.

Mais informações: Alessandra Pires (61) 9 9989-5595